CONHEÇA NOSSO BLOG
20Set
Logística de medicamentos: como fazer uma gestão mais eficiente?

Logística de medicamentos: como fazer uma gestão mais eficiente?

Compartilhe!

A logística de medicamentos é de fato algo importante a se atentar por conta de todos os desafios que se pode achar pelo caminho.

Quando esses pedidos são feitos pela indústria da saúde, o requisito de como o transporte será feito é ainda mais difícil por conta do ajuste de ambiente e tempo de entrega.

Na área hospitalar, a compra dos fármacos serve para garantir sua disponibilidade, dentre várias outras coisas que fazem a prestação de serviço de qualidade acontecer.

No Brasil, a norma sobre a logística é feita pela ANVISA, de acordo com a RDC Nº 430, de 8 de Outubro de 2020, que dita todas as regras a seguir. Mas se você quer entender melhor um pouco sobre este assunto, continue lendo.

Como ter uma melhor logística de medicamentos?

O cuidado que se tem com o transporte de medicamentos acontece por conta dos aspectos em que o produto está condicionado por não se tratar de um item comum.

Isso porque os medicamentos são sensíveis e alguns podem acabar sofrendo por conta da variação de iluminação, umidade e temperatura.

Portanto, para que cheguem com uma certa qualidade até o seu destino final, é preciso que o manuseio tenha qualidade e muito cuidado para que não possa estragar o produto.

Para que o transporte de medicamentos possa seguir para o seu destino, é necessário que algumas normas e fiscalizações sejam cumpridas nas operações para que se verifique se as empresas estão de acordo com as exigências.

Como dissemos, a ANVISA é a responsável por fazer esse controle e estipular o que se chama de Boas Práticas no Transporte de Medicamentos.

Ela serve como uma orientação para que as transportadoras consigam ter as condições adequadas para que possam armazenar, acondicionar, movimentar e distribuir o produto.

Há uma série de cuidados que se deve tomar quando se trata de transporte de remédios. Abaixo, veja alguns dos principais cuidados que se deve ter.

1. Possuir boa gestão de estoque

é ´reciso que a gestão de estoque dos medicamentos esteja ocorrendo da maneira correta

Estoque De Remédio

Para que se possa garantir a qualidade dos produtos antes deles seguirem seu trajeto até o cliente final, ele deve começar primeiro no estoque.

O armazenamento é fundamental para que não prejudique a eficácia de alguns remédios. É importante que estes sejam colocados em um armazém com câmara fria.

Assim, com ele bem refrigerado, pode-se garantir uma temperatura boa para aqueles produtos que são termossensíveis, como as vacinas, insulinas e medicamentos para quimioterapia.

Além desse cuidado, é importante observar o que cada produto pede em seu cuidado. Alguns, devem ficar armazenados em temperaturas mais baixas, outros devem manter uma temperatura de até 25°.

2. Papel fundamental do farmacêutico

Para que o trajeto seja feito de modo adequado até uma farmácia, drogaria ou até hospitais, é necessário que o transporte conte com um farmacêutico e também que se tenha o certificado de regularidade.

Isso é preciso para que seja autorizado o funcionamento da atividade. O farmacêutico é o profissional responsável por ver o que cada produto precisa para que se tenha a conservação adequada.

Assim, ele segue todas as etapas de segurança do produto para que ele se encaixe nos padrões do veículo, de higiene e limpeza dos lugares.

Além disso, o profissional acaba evitando que os medicamentos entrem em contato com outros produtos que possam vir a ser tóxicos ou radioativos.

Com esse profissional fazendo a checagem adequada, o deslocamento acaba sendo muito mais seguro.

Principalmente porque a ética da profissão é o ponto focal das atividades do Conselho Federal de Farmácia (CFF).

3. Usar embalagem certa

Assim como todo produto a ser destinado para algum lugar, a embalagem é parte fundamental no processo de transporte para que não danifique o conteúdo interior.

Sendo assim, o ideal é que as caixas tenham um tamanho adequado para que se evite acidentes. Além disso, alguns pedidos devem ser especiais.

Por exemplo, os produtos que costumam precisar de temperaturas mais baixas devem ser transportados através de um isopor para que mantenham sua temperatura.

A RDC 430/2020 é um regulamento que ajuda a garantir a qualidade do produto e contém um processo definido para cada medicamento.

4. Usar o veículo certo

O veículo ideal é uma das partes mais importantes para que o envio de medicamentos chegue de acordo com o esperado.

Isso porque como precisa manter uma certa temperatura, principalmente se a distribuição for em um lugar longe, acaba sendo preciso que se use baús refrigerados, mini contêineres ou mini cooler refrigerado com gelo seco para garantir a qualidade do produto.

Acaba sendo necessário também avaliar a exigência do cliente. Por exemplo, alguns lugares pedem por veículos refrigerados para que possam ter um registro das variações de temperatura.

Assim, com os veículos adequados o cliente pode garantir que o produto esteja em bom estado o caminho todo.

5. Logística de rota

O planejamento para envio de medicamentos não envolve só uma boa embalagem e a temperatura ideal. É preciso também que se pense no planejamento de qual é a melhor rota executada.

O processo logístico é ainda mais importante quando o pedido é feito com urgência. Assim, precisa-se que as rotas sejam definidas com bastante cuidado.

Leva-se em consideração qual a melhor rota a ser feita, por quais vias ir, qual horário, temperatura da região e até mesmo fatores como roubo ou assalto.

Levando em consideração o estado de várias estradas brasileiras, esse processo é bem complicado. Por isso que precisa ser bem executado.

Outra questão também é sobre o monitoramento do transporte, que é algo fundamental para que a entrada e saída de mercadoria possa ser bem sucedida.

Além disso, qualquer falha mecânica que venha ocorrer pelo caminho, pode ser reparada rapidamente.

Conclusão

Por fim, vimos então porque uma boa logística de medicamentos se faz necessária para que o produto chegue até o consumidor em bom estado.

Há vários pontos dentro da rotina de logística que devem ser observados com atenção por um profissional, como:

Tudo deve estar de acordo com as normas estipuladas para que não haja problemas quanto a fiscalização.

Conte-nos aqui se você conseguiu entender o que uma logística eficiente precisa e compartilhe este conteúdo.

Posts Recentes Tags