CONHEÇA NOSSO BLOG
25Mar
Veja as atitudes que contribuem para segurança do motoboy!

Veja as atitudes que contribuem para segurança do motoboy!

Compartilhe!

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito, está qualificado para ser motoboy o motorista que tem idade mínima de 21 anos, carteira de habilitação com categoria A, comprovante de não existência de antecedentes criminais e curso de capacitação. Visto isso, o motoboy é considerado um profissional orientado para a função devido ao processo de preparação anterior. Prossiga a leitura deste artigo para conhecer algumas atitudes que fazem parte da segurança do motoboy.

O que garante a segurança do motoboy?

1- Inspeção prévia do veículo

Como já foi discutido em outro artigo, uma das atitudes que estão incluídas nas regras de direção defensiva para motoboys é a manutenção do veículo. Isto é importante na medida em que todos os sistemas da moto devem estar com bom funcionamento durante a corrida até o destino. 

Por isso, antes de sair do local é recomendado que o motoboy faça uma inspeção básica de todo veículo. Ou seja, verifique os freios, buzinas, faróis e demais equipamentos que contribuam para o bom desenvolvimento do modal. Portanto, esta atitude está inclusa como parte da segurança do motoboy

2- Verificação do equipamento pessoal de segurança

A segurança do motoboy na realização dos serviços de entrega

Além da moto em perfeito estado, o motoboy deve verificar que está portando todo o equipamento de segurança pessoal necessário. Eles são:

  • colete refletivo: pode ser integral, semiaberto ou articulado;
  • botas: impedem queimaduras, perfurações e contato com descargas elétricas;
  • jaqueta: reduz a possibilidade de hipotermia, frostbite e o fenômeno de Raynaud
  • capacete: pode ser integral, semiaberto ou articulado;
  • luvas: funcionam como equipamento de proteção para as mãos contra baixas temperaturas e possíveis riscos mecânicos;
  • joelheiras: ajudam na proteção dos joelhos em caso de queda.

 

3- Possibilidade de ver e ser visto no trânsito

O colete reflexivo contribui para que o motorista seja visto. Entretanto, ele não é a única estratégia utilizada para a segurança do motoboy. Quando trata-se do fato de ver e ser visto, é importante que este profissional lembre-se da importância de manter os faróis acesos. Esta determinação é orientada pela Lei 13.290, conhecida como “Lei do Farol Aceso”. 

Inclusive, vale lembrar que o não cumprimento da regra que estabelece que o farol seja aceso durante o período diurno é considerada infração média. Além disso, é passível de multa e perda de quatro pontos na CNH. 

Por essa razão, manter os faróis acesos faz parte da segurança do motoboy enquanto condutor para garantir a convivência no trânsito.

4- Condução com segurança

Para conduzir a moto com segurança, o motoboy deve estar atento às atitudes que contribuem para a segurança dele e dos demais condutores. Alguns exemplos são:

  • não ficar “costurando” na via;
  • redobrar a atenção em caso de situações adversas, como chuva e buracos na via;
  • não usar celular enquanto dirige;
  • manter a distância de dois segundos;
  • respeitar o limite de velocidade de cada trecho;
  • diminuir a velocidade em caso de trânsito;
  • ocupar o espaço de um carro na via. 

Escolha os profissionais da Zoom Entregas Rápidas!

Gostou do nosso artigo sobre as atitudes que colaboram para a segurança do motoboy? A Zoom Entregas Rápidas conta com profissionais qualificados para realizar entregas no Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo. Disponibilizamos uma série de serviços de entregas para que suas necessidades sejam atendidas. Entre em contato conosco para nos conhecer melhor! 

Em nosso blog, não deixe de conferir o conteúdo que já produzimos para você. Lá você encontra: 

 

Posts Recentes Tags