Transporte de Carga: O que é e quais são

Embora pareça que o transporte de carga se restringe às estradas estaduais e municipais, em grandes centros urbanos, é possível encontrar caminhões menores rodando, porque são opções úteis para garantir as entregas.

Para fazer o modal, ou seja, o transporte em centros urbanos, o caminhão 3/4 ou VUC (Veículo Urbano de Carga) são as melhores opções. Portanto, é um modelo que suporta até 3 toneladas e deve ter só 2 eixos simples.

O VUC tem a sua regulamentação à cargo do Registro Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas, bem como os outros veículos de pequeno porte. Dessa forma, confira a seguir o que é transporte de carga no Brasil e outras particularidades.

Faça o transporte de carga com a Zoom.
Transporte De Carga2

Transporte de carga: o que é?

Trata-se do processo pelo qual os bens, mercadorias e materiais se movimentam de um lugar para o outro. Em outras palavras, pode-se utilizar veículos, navios e aviões, de acordo com o tipo de carga e o prazo de transporte.

As cargas podem ser transportadas via terrestre, aérea, ferroviária e marítima, segundo alguns fatores, como a distância. Algumas empresas possuem uma frota própria e transportam os itens, enquanto outras optam pela terceirização do serviço.

A Fundação divulgou uma pesquisa em 2022, que foi feita pelos Custos Logísticos no Brasil e que o Estadão veiculou, que demonstrou que 75% da produção brasileira foi transportada através do modal rodoviário. 

Percebe-se que a porcentagem está bem elevada, porém quantos tipos de transporte de cargas existem? Desse modo, a resposta é um tanto ampla, abaixo veja os mais comuns.

Transporte de carga geral

Remédios, produtos alimentícios, industrializados e materiais de construções podem ser entregues através do transporte rodoviário de cargas. Na verdade, é o tipo de modal mais simples e que pode ser visto pelas rodovias brasileiras.

Através de veículos de grande porte e com um planejamento logístico eficiente, a carga chegará ao destino. No entanto, dependendo do porte do caminhão, talvez haja algumas restrições para rodar em centros urbanos.

Transporte de encomendas

Com o crescimento das vendas on-line, mais pessoas tiveram acesso a entregas que foram feitas por esse tipo de transporte. A transportadora recolhe o item na empresa e faz com que a mercadoria chegue até você.

Transporte de cargas frigoríficas

Alguns alimentos precisam de refrigeração, como é o caso da proteína animal e dos laticínios, ou seja, a carroceria deve se adequar para isso. Ao mesmo tempo, é crucial que o VUC fique limpo para que a carga não seja afetada.

Transporte de carga perigosa

Existem cargas que têm a sua classificação como perigosa, já que há riscos para o transporte, como é o caso da dinamite e pólvora, que são explosivos. Além disso, há produtos inflamáveis, como a gasolina e o óleo diesel.

Se o produto for químico, como um ácido, gases corrosivos e líquidos que com risco de inflamação. Além disso, os produtos radioativos e tóxicos têm a sua classificação como perigosos, como o lixo tóxico, material nuclear, etc.

De acordo com o tipo transporte, é necessário respeitar as legislações específicas, que variam segundo o que se transporta. Assim, descubra na segunda parte deste material as particularidades do transporte em centros urbanos. 

Transporte De Carga1
Transporte De Carga1

Por que o transporte de carga terrestre cresceu nas grandes cidades? 

Quem regulamenta o VUC ou caminhão ¾ é o Registro Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas. Segundo o órgão, é obrigatório que suporte até 3 toneladas e tenha 2 eixos simples, assim como a largura não pode ultrapassar 2,2m e o comprimento máximo é de 6,3m.

A movimentação e o transporte de cargas se tornam mais fáceis em centros urbanos, já que a largura permite ocupar uma faixa sem a ultrapassar. Se considerar o tamanho médio de um veículo SUV, que é superior a 4m de comprimento, percebe-se que o VUC ocupa uma vaga e meia. 

Esses fatores são importantes, entretanto outra questão é o fato de transportar várias cargas e trazer agilidade para as empresas. Desse modo, veja alguns fatores que contribuíram para o crescimento desse tipo de transporte. 

Carrocerias trazem versatilidade 

Existem três tipos de carrocerias para o VUC:

  • Caminhão baú: trata-se do modelo mais comum, afinal como transportar vários itens com proteção, porque a carroceria é fechada. É possível movimentar sacos, fardos e caixas por meio dele, porém destaca-se por ter a versão climatizada do baú, tanto refrigerada ou frigorífica.
  • Plataforma: alguns conhecem como caminhão guincho e por isso não possui teto ou paredes. Assim, é ideal para servir de transporte para um veículo de passeio ou uma moto.
  • Grade baixa: por não ter teto ou parede, o seu uso é mais comum para fazer a carga e descarga de mercadorias pesadas. Nesse contexto, chapas, engradados e barras de aço são exemplos. 

Dá para transportar uma infinidade de itens através do caminhão ¾ e isso traz mais agilidade para as grandes cidades.

Transita melhor nas grandes cidades 

Como é um caminhão compacto, torna-se mais fácil de rodar nos grandes centros urbanos. Na hora de fazer uma curva rápida é melhor, quando for preciso entrar em uma rua estreita será menos trabalhoso manobrar o caminhão.

Baixo consumo 

Por consumir menos gasolina e ter muito torque, esses caminhões têm força no motor e trafegam melhor pelas avenidas. Como a maioria das cidades limitam a velocidade a no máximo 90 km/h e o torque é bom, dá para manter a aceleração em baixas rotações e tornar o caminhão mais econômico. 

Possibilita transportar cargas de forma dedicada para transbordos ou entregas diretas

O transporte na modalidade dedicada permite que apenas o seu item seja transportado através do caminhão. Assim, você pode aproveitar desse transporte para realizar atividades de transbordo.

Se você precisa de uma solução para transporte de carga urbana no Rio de Janeiro, entre em contato com a Zoom Entregas através neste link. Em seguida, um dos meus atendentes lhe atenderá o quanto antes.

plugins premium WordPress